MATO GROSSO DO SUL, terça-feira, 25 de junho de 2019 - BOA TARDE!   
 P r i n c i p a l
 I n s t i t u i ç ã o
 E s t a t u t o
 H i s t ó r i c o
 D i r e t o r i a
 C a d e i r a s
 N o t í c i a s
 I m a g e n s
 A r t i g o s
 S u p l e m e n t o
 R e v i s t a s
 W e b - M a i l
» SUPLEMENTO CULTURA DE 14/07/2012
    Texto 1 de 6
Próximo Texto

Leal de Queiroz e a Revista da ASL

   por: Rubenio Marcelo

    Marcando nove anos de circulação, apreciada pelos diversos setores da comunidade e aplaudida por todos, a Revista da Academia Sul-Mato-Grossense de Letras chega à sua 21ª edição – volume já pronto e com lançamento agendado para o próximo dia 30 de julho – homenageando aquele que foi o idealizador e criador deste importante projeto: o ilustre companheiro, ex-presidente da ASL, Francisco Leal de Queiroz (titular da cadeira nº 37 do nosso sodalício), que também criou o Colar Acadêmico (medalhão da Academia) e o site da entidade (www.acletrasms.com.br).
    À época do lançamento da primeira edição (ano de 2003), a Diretoria da Academia possuía a seguinte composição: presidente: F. Leal de Queiroz; vice-presidente: Reginaldo Alves de Araújo; secretário-geral: Rubenio Marcelo; secretário: José Pedro Frazão; tesoureiro: Guimarães Rocha; e 2º tesoureiro: Augusto César Proença. A Revista da ASL nº 1 (contendo 95 págs - uma antologia, em prosa, de saudosos sócios efetivos) contou com pesquisa, seleção, diagramação e revisão do confrade Hildebrando Campestrini.
    Com distribuição gratuita e dirigida, 256 páginas, atualmente sob a nossa coordenação e revisão geral (desde o número 11, outubro/2007), a Revista da ASL possui apoio cultural do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul (através da Fundação de Cultura de MS).
    Leal de Queiroz nasceu em Paranaíba (MS) em 08.01.1927. Advogado, escritor e poeta, é autor dos livros “Enquanto a Lira Tange...”, “O Violino das Galeras” (poesia), “Santana do Paranaíba” (história) e “Leal de Queiroz - poesia completa e alguma prosa”. Pertence também à Academia Mato-Grossense de Letras e ao Instituto Histórico e Geográfico de MS. Dentre outros, exerceu os seguintes cargos: Promotor de Justiça, na Comarca de Paranaíba (1949); Deputado Estadual - MT (1950); Reeleito Deputado Estadual MT (1954); Prefeito de Três Lagoas/MS (1958); Deputado Estadual MT (1962); Secretário de Justiça do Estado de Mato Grosso (de 1966 a 1971); Representante do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul em Brasília/DF, em nível de Secretário de Estado - Governo Wilson Barbosa Martins (1983); Secretário de Estado e Justiça de MS - Governo Ramez Tebet (1986); Secretário de Segurança Pública de MS - Governo Marcelo Miranda (1987); Procurador Chefe do Ministério Público Especial, junto ao Tribunal de Contas (1988); Assessor Especial do Governo do Estado (1990).
    Em texto autoral recente, intitulado “Leal de Queiroz: um leal companheiro”, a nossa colega Raquel Naveira assim assevera com sabedoria: “Leal significa franco, honesto, sincero, conforme a lei, dedicado, fiel, probo e todas essas virtudes definem o caráter de Francisco Leal de Queiroz, esse ilustre filho de Santana do Paranaíba, descendente dos Garcia Leal e dos Queirós, de gente que fez política e história neste sul de Mato Grosso”. (...) Num momento delicado, em que precisávamos de orientação segura, aceitou a presidência da Academia Sul-Mato-Grossense de Letras, que assumiu com entusiasmo e força de trabalho surpreendentes. Começou reformando toda a Casa Professor Luís Alexandre, sede de nossa Academia, empreendendo uma construção ao mesmo tempo material e espiritual, por dentro e por fora. Reformou também o prédio que abrigou por algum tempo o nosso irmão, o Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso do Sul”.
    Parabéns, estimado amigo e leal confrade Leal de Queiroz!

   

   

    Texto 1 de 6
Próximo Texto

Academia de Letras


Copyright Academia Sul-Mato-Grossense de Letras
Todos os direitos reservados

::Webmaster::