MATO GROSSO DO SUL, segunda-feira, 19 de novembro de 2018 - BOA TARDE!   
 P r i n c i p a l
 I n s t i t u i ç ã o
 E s t a t u t o
 H i s t ó r i c o
 D i r e t o r i a
 C a d e i r a s
 N o t í c i a s
 I m a g e n s
 A r t i g o s
 S u p l e m e n t o
 R e v i s t a s
 W e b - M a i l
» MEMBROS


PAULO TADEU HAENDCHEN

   




PAULO TADEU HAENDCHEN
Academia Sul-Mato-Grossense de Letras – Cadeira nº 16


   

   Paulo Tadeu Haendchen, brasileiro, casado, advogado inscrito na OAB/MS 2926-B, nascido em 23/02/48 em Lages, SC, formado em Curitiba - Turma 69/73 da Faculdade de Direito da Universidade Federal do Paraná.

   -Casou-se em dezembro de 1974, com Regina Maria de Campos Haendchen, socióloga, com quem possui os filhos Marcelo de Campos Haendchen, Regina Paula de Campos Haendchen Rocha e Denise Maria de Campos Haendchen Gonzalez, tendo cinco netos (Maria Beatriz, Pedro Paulo, Isabela, Júlia e Maria Fernanda)

   -Iniciou a sua carreira de advogado em Naviraí, MS, no ano de 1974, e em outubro do mesmo ano transferiu o seu escritório profissional para Campo Grande, MS, onde advogou até 12/12/1977.

    - Aprovado em primeiro lugar no Concurso de Juiz de Direito para o Estado de Mato Grosso em 1977, tomando posse em Camapuã, MT, em 13/12/77.

    - Em Janeiro de 1978 foi designado pelo Tribunal Pleno do TJ/MT para atuar em Barra do Garças em regime excepcional.

    - Com a divisão do Estado, optou por permanecer em Mato Grosso do Sul, sendo removido a pedido para a Comarca de Rio Verde do Mato Grosso, onde permaneceu de novembro de 78 a abril de 80.

    - Em abril de 80 foi promovido para a Comarca de Aquidauana, onde permaneceu como juiz até 05 de abril de 1982, quando pediu exoneração do cargo de Juiz de Direito para voltar à advocacia.

    - Foi Juiz Diretor do Foro, nomeado pelo Presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, na Comarca de Aquidauana, anos 80, 81 e 82, tendo substituído em várias comarcas do Estado, como Juiz de Direito em Miranda, Corumbá, Coxim e Campo Grande.

    - Foi Juiz Eleitoral nas Comarcas de Camapuã, Rio Verde de Mato Grosso e Aquidauana.

    - Advogado em Campo Grande de 06 de abril de 82 até os dias atuais.

    - No ano de 1984 foi indicado em lista tríplice pelo Tribunal Pleno do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, para compor o Tribunal Regional Eleitoral do Estado, na vaga de jurista, destinada a advogados, sendo escolhidos e nomeado, em 17 de Julho de 1984, pelo Presidente da República João Batista Figueiredo para o cargo de Juiz Substituto do TRE/MS, biênio 84-86.

    - No ano de 1986 foi indicado em lista tríplice pelo Tribunal Pleno do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, para compor o Tribunal Eleitoral do Estado, na vaga de jurista, destinada a advogados, sendo escolhidos e nomeado, em 12 de setembro de 1986, pelo Presidente do Senado Federal, Dr. José Frageli, no exercício do cargo de Presidente da República, para o cargo de Juiz Substituto do TRE/MS, biênio 86-88.

    - No ano de 1988 foi indicado em lista tríplice pelo Tribunal Pleno do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, para compor o Tribunal Eleitoral do Estado, na vaga de jurista, destinada a advogados, sendo escolhidos e nomeado, em 31 de agosto de 1988, pelo Presidente da República José Sarney para o cargo de Juiz Efetivo do TRE/MS, biênio 88-90.

    - No ano de 1990 foi indicado em lista tríplice pelo Tribunal Pleno do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, para compor o Tribunal Eleitoral do Estado, na vaga de jurista, destinada a advogados, sendo escolhido e nomeado, em 24 de setembro de 1990, pelo Vice-Presidente da República, Itamar Franco, no exercício da Presidência da República, para o cargo de Juiz Substituto do TRE/MS, biênio 90-92.

    - Foi professor de Direito Processual Civil na FUCMAT, na Escola Superior da Magistratura e na Escola Superior do Ministério Público.

    - Ministrou palestras e conferências em encontros estaduais e federais, nas cidades de Brasília, Cuiabá, Presidente Prudente, Araçatuba, Campo Grande, Dourados, Aquidauana, Naviraí, Bonito, Ponta Porã e Corumbá.

    - É autor do Livro “Ação Reivindicatória”, em co-autoria com Rêmolo Letteriello, 5ª edição esgotada, Editora Saraiva, São Paulo.

    - É autor do Livro “Ação de Manutenção e Reintegração na Posse”, 1ª edição esgotada, Editora Saraiva, São Paulo.

    - Possui Curso de Especialização em Direito Processual Civil, ministrado pela PUC/SP em convênio com a FUCMAT.

    - É autor de inúmeros artigos jurídicos publicados na Revista Forense, Jornal O Estado de São Paulo, Gazeta Mercantil e Correio do Estado.

    - Foi Conselheiro da OAB/MS e membro da Comissão de Ética e Disciplina.

    - Foi membro, nomeado pelo Governador do Estado, do Conselho Estadual de Entorpecentes, nos anos de 82 a 83.

    - Foi designado pela OAB/MS, em diversas oportunidades, para defender a entidade e advogados em processos de interesse da classe, no Foro Judicial em processos administrativos, representando a entidade na posse de Juizes e de Desembargadores.

    - Foi membro de Comissões de Concursos, como Juiz de Direito e como representante da OAB, para servidores do Poder Judiciário, na Comarca de Aquidauana e do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul.

    - Foi-lhe outorgado o título de Cidadão campo-grandense pela Câmara Municipal de Campo Grande, MS, em 1999.

    - Representou a OAB/MS no Concurso para Juiz Federal do Trabalho em agosto de 2001.

    - A convite da Associação dos Magistrados de Mato Grosso, proferiu palestras nas cidades de Diamantino e Cuiabá, nos Encontros Estaduais de Magistrados daquele Estado.

    - Indicado pela OAB/MS para representar a classe no XXI Concurso para Promotor de Justiça do Estado de Mato Grosso do Sul, que teve início em 23 de novembro de 2003.

    - Indicado pela OAB/MS para representar a classe no XXV Concurso da Magistratura do Estado de Mato Grosso do Sul, que teve início em 25 de abril de 2004.

    - Foi-lhe outorgado o título de Cidadão sul-mato-grossense pela Assembléia Legislativa do Estado de Mato Grosso do Sul, em 25 de maio de 2004.

    - Recebeu da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção de Mato Grosso do Sul, a Medalha Heitor Medeiro, mais alta distinção daquela instituição.

    - Foi empossado como membro efetivo - titular da Cadeira nº 16 - da Academia Sul-Mato-Grossense de Letras na noite de 27 de setembro de 2007. Foi saudado na ocasião pelo acadêmico Abrão Razuk. A solenidade ocorreu na Câmara Municipal de Campo Grande.

   A Cadeira 16 da ASL pertenceu anteriormente aos saudosos acadêmicos:
   Licurgo de Oliveira Bastos e
   Acyr Vaz Guimarães.

 
Voltar

Academia de Letras


Copyright Academia Sul-Mato-Grossense de Letras
Todos os direitos reservados

::Webmaster::